VoltarAbrindo a cozinha / Em quais hipóteses acontecem as desativações de entregadores?

Em quais hipóteses acontecem as desativações de entregadores?

O iFood tem um grande compromisso com uma comunicação clara e empática em relação ao uso da plataforma.

Sendo assim, a desativação só ocorre em casos de fraude, mau uso da plataforma, ou descumprimento dos Termos de Condições de Uso.

As desativações são feitas em quatro casos principais:

  1. fraudes de pagamentos;
  2. furto;
  3. cessão de contas para terceiros;
  4. extravio de pedidos.

Importante ressaltar que o iFood não desativa entregadores que participam de manifestações, garantindo o direito de manifestação previsto em lei.

E o que um entregador pode fazer caso seja desativado?

Se este for o caso, o entregador será notificado pelo app, por meio do Suporte e receberá instruções de como entrar em contato e, caso queira, nos contar o que aconteceu.

Todos os casos enviados são analisados individualmente. Caso algum repasse esteja pendente, ele será depositado em até 15 dias corridos.

As informações de cliente, entregador ou restaurante são totalmente preservadas para assegurar o sigilo na plataforma e evitar que uma pessoa mal intencionada, ao receber uma reclamação, tire satisfação indevidamente com a outra parte. Essa é uma regra de segurança que protege todos os usuários da plataforma (entregador, restaurante e cliente).

Voltar