O que é escuta ativa (e 4 dicas para praticar nas conversas)

Saiba como usar essa habilidade para melhorar a sua comunicação no dia a dia

Qual a diferença entre ouvir e escutar? Ouvir é um processo mecânico e involuntário que envolve o sentido da audição, ou seja, não é necessário ter intenção para que essa ação aconteça. Já escutar é diferente: requer interesse pelo que se está ouvindo.

A escuta é uma das soft skills, ou habilidades interpessoais, mais importantes que alguém pode desenvolver. A forma de se posicionar quando outra pessoa está falando tem um impacto muito grande na criação de conexões e nos relacionamentos. Quando o assunto é comunicação no ambiente de trabalho, uma boa escuta pode significar melhores resultados nas entregas e contribuir para um clima mais colaborativo entre as pessoas.

O que é escuta ativa?

A escuta ativa é uma forma de ouvir com atenção o que alguém está falando, sem julgamentos nem interrupções, com o objetivo de realmente compreender e refletir sobre o que está sendo dito. Isso não significa concordar com tudo que a outra pessoa diz, e sim manter a mente aberta para assimilar com empatia o conteúdo da fala.

Escutar ativamente é benéfico para todos os envolvidos: a pessoa que fala se sente valorizada e motivada a transmitir sua mensagem e quem ouve tem um melhor entendimento para poder expressar uma opinião. Esse é um aspecto muito importante para conversas e até mesmo discussões bem-sucedidas, seja em casa, no trabalho, ou em momentos de socialização.

Como praticar a escuta ativa 

Existem algumas estratégias simples de escuta ativa que podem ser incorporadas no processo de comunicação. Confira 4 dicas para você praticar:

Demonstre estar prestando atenção

Fazer contato visual e se posicionar de frente para quem está falando são ótimas formas de deixar a pessoa saber que você está prestando atenção nela. A linguagem corporal também pode contribuir: mantenha o corpo relaxado, sem cruzar os braços ou pernas.

Evite interromper

Por mais que você tenha algo a dizer, é importante ter paciência e aguardar a outra pessoa terminar de falar para fazer comentários. Interrupções são frustrantes para quem está tentando se comunicar e podem passar a sensação de que você não considera importante o que está ouvindo.

Reforce o que é dito e faça perguntas

Fazer perguntas relacionadas ao conteúdo da conversa ou que estimulem a pessoa a explorar mais o que está falando demonstra um interesse genuíno pelo assunto. Repetir o que a pessoa disse e confirmar que você compreendeu também é um meio de participar da conversa sem sobrepor sua opinião.

Reflita sobre o que o outro disse

Não se preocupe em formular o que vai dizer em seguida, enquanto a pessoa está falando. A prioridade deve ser manter o foco no que está escutando e refletir sobre o conteúdo da conversa para, então, construir sua opinião a respeito ou entregar uma resposta. 

Aperfeiçoar a capacidade de ouvir é o primeiro passo para fortalecer suas relações. Para desenvolver a habilidade da escuta ativa, que tal treinar e incorporar hábitos como esses na sua comunicação do dia a dia?

Publicações relacionadas