Em 2 anos, Potência Tech oferece 87 mil bolsas em tecnologia

Conheça a plataforma do iFood para formar mais pessoas de grupos sub-representados na área, como mulheres e pessoas negras

cursos e bolsas de estudo para apoiar a formação de mais profissionais em tecnologia.

Essa iniciativa está alinhada a um dos principais compromissos do iFood em educação: formar e empregar 25 mil pessoas de grupos que hoje são sub-representados nessa área, como mulheres, pessoas negras, indígenas, LGBTQIAP+ ou com deficiência. 

Nesses dois anos, mais de 75 mil brasileiros se inscreveram na plataforma, dos quais 90% faziam parte desses grupos sub-representados e 80% se encaixavam no perfil de baixa renda. Mais de 87 mil bolsas de estudo foram concedidas e 4.318 já receberam seus certificados de formação (e muitos ainda seguem cursando).

“O Potência Tech cresceu, e cresceu buscando atender seu objetivo maior, que é apoiar as pessoas para conquistar uma vaga no mercado de tecnologia”, comenta Roberta Piozzi, gerente de educação do iFood.  

“Buscamos sempre estar alinhados às demandas do mercado, fornecendo as bolsas de estudo das melhores escolas e focando em escala para chegar cada vez mais em quem de fato precisa e quer estudar.”

Uma nova carreira para entregadores

Em 2023, o Potência Tech também formou sua primeira turma composta exclusivamente por entregadores e entregadoras que estão na plataforma do iFood. Nesses dois anos, 198 entregadores se formaram em cursos na plataforma, dos quais 34 encontraram um emprego na área.

“O impacto do programa é no delta de renda: uma pessoa que conquista uma vaga como desenvolvedora passa a ter um salário médio inicial de R$ 3.000. Vemos casos em que isso significa um aumento de 200% da renda familiar”, completa Roberta.

Além das bolsas, o Potência Tech oferece trilhas de conhecimento em tecnologia, com cursos introdutórios para as pessoas conhecerem as oportunidades que o mercado de tecnologia oferece.

Desde 2022, o Potência Tech faz parte do Movimento Tech, uma coalizão de mais de 20 empresas para investir R$ 100 milhões em educação até 2025 e despertar o interesse dos jovens em fazer carreira em tecnologia.

Esse conteúdo foi útil para você?
SimNão

Publicações relacionadas